Estudo analisa associação entre complicações neurológicas e infecção pelo vírus Zika

Estudo brasileiro avalia as taxas de infecção aguda pelo vírus Zika entre pacientes com síndrome de Guillain-Barré (GBS), meningoencefalite ou síndrome mielite transversa, internados no Hospital Universitário Antonio Pedro (HUAP), da Universidade Federal Fluminense (UFF). Leia o artigo publicado pelo periódico JAMA Neurology e confira a notícia no portal CIDRAP – Center for Infectious Disease Research and Policy.

Deixe uma resposta