Nova evidência sobre a alta resistência dos ovos do Aedes aegypti à desidratação

“Mesmo pigmento famoso por definir a cor da pele, a melanina é um dos fatores que permite aos ovos do mosquito sobreviver por muito tempo sem contato com a água.” Leia a notícia completa publicada no Portal do Instituto Oswaldo Cruz (IOC) / Fiocruz. Confira também o artigo publicado na revista Plos Neglected Tropical DiseasesDarker eggs of mosquitoes resist more to dry conditions: Melanin enhances serosal cuticle contribution in egg resistance to desiccation in Aedes, Anopheles and Culex vectors.

Deixe uma resposta